Benefícios do Pilates

para Atletas

A prática de exercícios físicos é um dos mais importantes hábitos quando o assunto é cuidado com a saúde. Eles auxiliam na eliminação dos radicais livres(responsáveis pelo envelhecimento celular precoce), e na perda de gordura ao mesmo tempo em que fortalecem os músculos, aumentam a oxigenação do sangue e melhoram a distribuição de nutrientes pelo organismo.

Uma das características que facilita a realização de exercícios físicos é concernente ao fato deles possuírem diversas modalidades, de forma que cada pessoa pode encontrar um esporte ou atividade física que condiz aos seus objetivos, limitações e rotina.

Esta variedade não se dá apenas em relação aos tipos de exercícios, mas também aos locais em que são realizados, que podem ser externos ou internos, em quadras, academias, piscinas ou mesmo em casa, assim como o número de pessoas, podendo ser um esporte coletivo ou não, a intensidade de cada um e os requisitos exigidos por eles.

Uma das modalidades de esportes que ganha cada vez mais adeptos é o Pilates, uma técnica criada em 1920 por um alemão cujo nome batiza o esporte, Joseph Pilates. Esta técnica, que será melhor detalhada abaixo, se utiliza de movimentos advindos de outros esportes e tem como principal objetivo o fortalecimento, a concentração e o equilíbrio.

Ainda, saiba que o Pilates não é realizado apenas como um exercício solo, ou seja, como a principal modalidade realizada pelo indivíduo. Ele geralmente está associado a outros esportes, como os aeróbicos, objetivando ser uma atividade complementar.
A modalidade tem sido cada vez mais buscada por atletas que pretendem complementar as atividades já realizadas ou, ainda, realizar movimentos preventivos ou mesmo de tratamento em relação a lesões.

A seguir iremos apresentar mais informações sobre o Pilates, suas qualidades para os atletas, responder às dúvidas mais comuns quanto à prática e onde encontrar aulas de Pilates para atletas em Campinas.

 

O que é Pilates e quais as modalidades indicadas para Atletas?

O Pilates foi criado na Alemanha início do século XX, quando aliou em um único esporte alguns movimentos advindos, da Yoda, da ginástica edas artes marciais, o que culminou em uma nova modalidade cujos efeitos físicos e neurológicos são extremamente benéficos ao indivíduo e garantem seubem-estar.

Os profissionais desta área indicam que hoje estão disponíveis cerca de quinhentos tipos de exercícios nas diversas modalidades de Pilates, variando entre si em relação à intensidade, força, extensão e ao grupo de músculos trabalhado.

Outra variação existente é em relação à necessidade, ou não, do uso de aparelhos para a realização das atividades, pois enquanto alguns exercícios necessitem do uso de equipamentos mais complexos ou mesmo de acessórios como bolas e elásticos, outros devem ser realizados apenas com a estrutura do corpo, utilizando-se a força, peso e equilíbrio deste.

É esta pluralidade de atividades que permite que pessoas dos mais variados tipos físicos, bem como gêneros e idade, façam Pilates, pois dentro de cada uma das atividades é possível, ainda, adaptar-se a intensidade e forças necessárias com base nas particularidades do próprio aluno, havendo limites pessoais impostos e respeitados.

Para a execução dos exercícios de Pilates há poucas exigências, porém, necessárias e cuja não observação pode anular os resultados buscados pela prática do exercício ou mesmo causar lesões.

Tais exigências não são complicadas ou dificilmente alcançadas, contudo, são rigorosas. São elas:

1. Respiração
É necessário se observar a respiração pelo diafragma, ou seja, aquela “respiração pela barriga”, a qual deve ser realizada de forma pausada e sempre inspirando oxigênio pelo nariz e inspirando o gás carbônico pela boca.

2. Postura
Outra coisa indispensável é a observação da correta postura e do encaixe pélvico, o que é auxiliado pela contração de músculos abdominais e da pélvis. Isso não só protege seu corpo, como também o prepara para absorver os resultados dos exercícios e evita machucados ou desiquilíbrios.

3. Concentração
Cada movimento realizado na prática de exercícios de Pilates deve ser feito com cuidado e jamais serão executados de maneira passiva ou mesmo automática. É necessário, portanto, constante raciocínio e concentração quanto ao que se está fazendo, o que está diretamente atrelado àrigorosidade técnica.

Estas três exigências estão presentes em todas as modalidades de Pilates existentes, pois compõem a base deste tipo de esporte/exercício físico.O desenvolvimento destes subgêneros para além da Original ocorreu pela alteração das técnicas com o passar do tempo eà adição de outras atividades, movimentos e técnicas.

Dentre as modalidades mais procuradas pelos atletas e indicadas a eles estão a Original, Contemporânea, Mat e Funcional.

Pilates Original
Esta modalidade possui exercícios que seguem aqueles desenvolvidos pelo criador do esporte. Com o uso dealguns aparelhos como o reformer(“cama” deslizável sobre trilhos, semelhante a um remo),cadillac (maca sobreposta por uma barra de aço) esmallbarrer(banco de assento curvo acompanhado de uma espécie de escada).

No Pilates Original os exercícios, assim como seus praticantes, são divididos em grupos que levam em consideração o grau de desenvolvimento do atleta nestas atividades, de forma que as categorias correspondem a iniciante, intermediário e avançado.

Pilates Contemporâneo
Esta modalidade nasceu da adição de alguns aparelhos e acessórios ao Pilates Original, assim como ao abandono da noção de exercícios possíveis apenas para determinados grupos.

Assim, nesta modalidade é possível que um iniciante realize exercícios que seriam, na modalidade anterior, indicados apenas aos intermediários; aqui, entretanto, há a adaptação da força e intensidade para que os novatos, neste exemplo, possam realizar vários grupos de exercícios.

Quanto aos novos aparelhos, é possível citar a bola suíça e a overball, que correspondem, respectivamente, à bola grande de borracha firme em que é possível inclusive uma pessoa adulta sentar, e a bola menor e mais flexível que cabe na mão. Além disso, são utilizadas faixas elásticas e halteres, cujo uso já era comum em academias e clínicas fisioterápicas.

Pilates Funcional
A diferença e vantagem dos exercícios desta modalidade de Pilates é que eles sãopersonalizados, de forma que são especialmente prescritos à prática de determinado atleta. Além disto, se utiliza de exercícios aeróbicos que tendem a aumentar, ainda mais, a frequência cardíaca do praticante.

MatPilates
Por fim, o MatPilates, que também compõe as categorias de Pilates mais buscadas por atletas, corresponde ao tipo que não se utiliza de aparelhos/equipamentos, mas apenas de acessórios simples (como faixas e bolas). O restante é realizado apenas com o uso do peso e estrutura do próprio corpo do praticante do exercício.

Apesar da não utilização de aparelhos o MatPilates não deixa a desejar quando o assunto são os resultados comparados aqueles das demais categorias.

Benefícios do Pilates para Atletas

Os benefícios do Pilates são sentidos por todos aqueles que o praticam. A seguir iremos apresentar quais destes benefícios são os melhores aos atletas.

1. Conexão entre corpo e mente / Maior concentração
Os exercícios de Pilates para atletas exigem, conforme já citado, grande concentração do praticante, o que o obriga a esvaziar a mente de problemas externos condizentes à rotina e focar apenas no exercício e sua execução.
Isto, somado ao bem-estar proporcionado pela prática das atividades pela liberação de endorfina (o que também é feito pelos esportes realizados à parte), neurotransmissor de extrema importância ao organismo, permite que o atleta perceba o equilíbrio entre o corpo e a mente, pois ambos são exercitados durante as aulas de Pilates.

2. Melhora da respiração
Como uma das exigências para a prática de Pilates é o controle da respiração, que deve ser realizada de maneira pausada, consciente, com inspiração pelo nariz e expiração pela boca com movimentos respiratórios abdominais, isto tende a melhorar a capacidade respiratória do atleta e fortalecer seus pulmões.
Diante disto, a prática de Pilates para atletas também permite que eles tenham mais fôlego para a execução das atividades esportivas.

3. Fortalecimento muscular
As atividades de Pilates propiciam o fortalecimento, que auxilia nas funcionalidades do organismo, protegendo os órgãos e permitindo seu melhor funcionamento. Além disto, protege as articulações e ossos e, ainda, aumenta a quantidade de massa magra.

4. Equilíbrio físico
A grande maioria dos exercícios de Pilates exige equilíbrio do seu praticante, o qual é buscado e desenvolvido por meio da concentração, uso de força e contração muscular. A prática, assim, permite que o atleta desenvolva maior equilíbrio, o que auxilia na prática de esportes e permite maior rendimento, sobre o qual falaremos mais no item a seguir.

5. Condicionamento físico
O condicionamento físico corresponde à capacidade que o organismo adquire para melhorar a competência na execução das atividades diárias.

Sabendo-se que os exercícios de Pilates auxiliam no desenvolvimento do equilíbrio, da resistência, da coordenação, da agilidade e da força, ele também auxilia que o atleta que o pratica também obtenha melhor desempenho na execução das outras atividades esportivas, de forma que seu rendimento é maximizado e se torna notável rapidamente.

6. Prevenção de lesões
O desgaste muscular advindo do Pilates é menor do que o de outros esportes, o que tem por conseqüência o desenvolvimento de maior potência muscular, assim como maior resistência. Assim, é maximizado o poder do músculo de sustentação das estruturas corpóreas, o que auxilia na prevenção de lesões.

7. Recuperação de lesões
O Pilates não tem funcionalidade preventiva, apenas, mas também trabalha na recuperação de lesões. Os exercícios musculares abdominais e pélvicos do Pilates agem diretamente sobre eles os traumas mais comuns dos atletas, que consistem em lesões de ligamentos, estiramentos de músculos e dores lombares.

8. Correção de desequilíbrios musculares
O fortalecimento proporcionado pela prática de exercícios de Pilates aos músculos internos, à musculatura de sustentação da coluna, aos joelhos e ao abdômen é importante por estas serem as partes do corpo mais demandadas nas práticas de esportes.

Estes são apenas alguns dos benefícios proporcionados pela prática de Pilates para atletas, de forma que os itens acima foram escolhidos com base necessariamente com base naquilo que os atletas mais procuram e nos elementos que influenciarão diretamente na prática de outros esportes paralelamente ao Pilates.

Cabe citar que além das qualidades destes exercícios já citados, a prática de Pilates também auxilia na normalização de desequilíbrios hormonais e na afetação do organismo por eles, na prevenção de doenças, como câncer de próstata e doenças urinárias.

Dúvidas mais frequentes no Pilates para Atletas

Tire aqui as principais dúvidas concernentes à prática de Pilates por atletas.

É necessário realizar avaliação física?
É importante que se faça uma avaliação física antes da prática de Pilates, o que permitirá que o profissional responsável pelas aulas conheça eventuais restrições, particularidades da estrutura muscular e óssea, assim como percentual de gordura do atleta. Isto auxilia no desenvolvimento do plano de exercícios, assim como no foco nos objetivos do atleta.

Pessoas com restrições físicas podem praticar Pilates?
Sim, até mesmo porque o Pilates possui, além de sua função preventiva, a função dedicada à cura e ao tratamento, fortalecendo o organismo. Além disso, a prática de suas atividades auxilia na redução de dores e na recuperação de movimentos.

Posso me machucar praticando Pilates?
Sim, você pode, e é por isso que é importante não só realizar uma avaliação física antes de iniciar a prática de Pilates, mas também realizar os exercícios desta modalidade com o acompanhamento de um profissional (geralmente educador físico ou fisioterapeuta) que irá cuidar da postura, da respiração e da execução dos movimentos para que sempre estejam corretos.

Há restrição de idade para a prática de Pilates?
Não há restrições de idade, de forma que atletas de todas as idades podem executar exercícios de Pilates. É indicado que apenas crianças a partir de 8 anos os pratiquem, pois a partir desta idade terão o discernimento necessário para a realização dos movimentos, postura e respiração. Entretanto, não há limite de idade, de forma que é um esporte democrático.

Qual a freqüência da prática de Pilates?
É possível que se pratique Pilates todos os dias, não havendo restrição quanto a isto. Entretanto, caso sua rotina não permita, é possível que você o faça em dias alternados em relação à prática de outro(s) esporte(s), sendo que as atividades devem ocorrer no mínimo duas vezes na semana.

Pilates na terceira idade
Conforme acima citado, não há qualquer restrição de idade para esta atividade, de forma que o Pilates na terceira idade constitui um ótimo aliado dos idosos atletas, que alcançarão maior e melhor desempenho, assim como bem-estar.

O Pilates na terceira idade não traz apenas benefícios aos atletas, mas a todos os praticantes que estejam nesta fase etária.

Aulas de Pilates para atletas

As aulas de Pilates devem ser acompanhadas por um profissional habilitado para isto, o que garantirá a qualidade dos exercícios e que o praticante possa desfrutar dos benefícios trazidos pela atividade.

Isto também se aplica para atletas, que devem seguir as diretrizes e exigências de Pilates para que se obtenham os resultados buscados.

As aulas de Pilates podem ser realizadas de forma conjunta, em turmas de até quatro pessoas, ou individualmente. Quando em turmas podem ser divididas também com base no gênero dos atletas, ou ser mistas, assim como com relação à idade.

A seguir iremos conhecer um pouco melhor os exercícios mais realizados nas aulas de Pilates para atletas com base em alguns esportes mais beneficiados por essas atividades.

Exercícios de Pilates para atletas
Existem exercícios de Pilates de diversas naturezas, intensidades e dificuldades. Assim, são diversas as atividades possíveis, sendo que há algumas específicas para o atleta de cada tipo de esportes. A seguir, iremos ver alguns exercícios necessários para cada modalidade esportiva.

Golfe
A prática de golfe exige boa postura, alinhamento e consciência corporal. A má postura na prática deste esporte e a condição física limitada são responsáveis pelas principais causas das lesões dos praticantes deste esporte.

O fortalecimento dos músculos do centro de força do corpo, que corresponde aos músculos responsáveis pela sustentação da postura, manutenção do equilíbrio e estabilidade corporal é proporcionado pelo Pilates e melhora na prática de golfe.
Com os exercícios de Pilates voltados à correção postural e ao centro da força é possível prevenir lesões no golfe, assim como melhor desempenho na sua prática, pois os movimentos das extremidades (mãos e pés) se tornam mais potentes e precisos, o que é essencial neste esporte.

Tênis
Neste esporte é necessário que se tenha especial cuidado com as articulações dos ombros, cotovelos e pulsos. Além disso, seus exercícios requerem precisão, força e equilíbrio, elementos que são desenvolvidos pela prática e Pilates, que auxiliará na melhora da flexibilidade, resistência, agilidade, dentre outros.

Praticar Pilates paralelamente à prática de tênis também influencia na melhora na força do saque em razão dos exercícios de fortalecimento abdominal e dos braços; a velocidade de reação em razão da maior força dada aos ombros e aos braços, além de maior concentração; lançamentos mais amplos em razão aos exercícios focados no aumento de flexibilidade dos ombros e dos quadris.

Ainda, sabendo-se que a prática de tênis requer que o atleta corra pela quadra, se abaixe, pule e faça força com a raquete, o Pilates, ao desenvolver a respiração dele, auxiliará na resistência ao cansaço.

As principais lesões advindas do tênis como tendinite patelar e lesões dos cotovelos e ombros têm menor incidência naqueles atletas que também praticam Pilates.

Natação
Assim como o Pilates a natação exercita o corpo de forma global, atuando em uma série de grupos musculares inferiores e superiores.

A prática da natação exige força e agilidade, de forma que os exercícios de Pilates podem ser importantes aliados àquela, como um treinamento paralelo ao realizado na água. Além disso, o Pilates também fortalece a musculatura mais interna, o que auxilia na estabilização que é essencial ao desempenho aquático.

Os exercícios superiores de Pilates permitem que o nadador torne as articulações do ombro e da zona lombar assim como os músculos, mais flexíveis. O fortalecimento dos músculos lombares evita lesões comuns nesta região e os tornam mais flexíveis para a realização de movimentos rotatórios da coluna e do quadril. Por fim, a melhora na respiração é outro importante elemento.

Futebol
O jogador de futebol, para alcançar eficiência de jogo, deve ter força explosiva, velocidade, resistência, concentração, além de coordenação motora para manejo da bola.

Uma vez que o Pilates possui exercícios focados na treino para desenvolvimento muscular e consequentemente da força, além de aperfeiçoar a resistência, a flexibilidade do corpo, o equilíbrio e a coordenação, ele auxilia o jogador do futebol na melhora do desempenho esportivo.

Além disso, a maioria dos traumas físicos sofridos por um jogador de futebol, como lesões nos joelhos e articulações, são advindos de desequilíbrios musculares causados pela sobrecarga de trabalho, de forma que os exercícios de Pilates de fortalecimento e desenvolvimento muscular evitarão este tipo de lesão.

Pilates para atletas em Campinas

Existem no Brasil cerca de 35 mil clínicas de Pilates que oferecem as mais diversas modalidades desta atividade.

Aqueles que buscam aulas de Pilates para atletas em Campinas podem ficar tranqüilos, pois a grande maioria dos estúdios desta modalidade está localizada nas maiores cidades brasileiras, dentre elas, o município campinense, que possui inúmeros profissionais especializados e capazes de ensinar com destreza os exercícios de cada modalidade.

E dentre eles podemos citar um espaço de referência, que é a VOLL Pilates Studios, que conta com uma excelente estrutura, profissionais altamente qualificados.

Antes de escolher um local para a realização destas aulas de Pilates para atletas em Campinas o indivíduo deverá definir quais suas necessidades, objetivos e preferências, o que influenciará na modalidade de Pilates a ser realizada, assim como na escolha de aulas individuais ou em turmas e, no caso delas, quais as especificidades (separação ou não por gênero e idade, horários e número de alunos).

Os atletas que pretendem realizar aulas de Pilates em Campinas devem buscar um local que ofereça aulas de qualidade, com equipamentos e estrutura adequada, assim como profissionais que dêem a atenção necessária a cada atleta, garantindo o bom desempenho e a realização de forma correta dos exercícios.

Você pode marcar uma aula experimental para conferir as habilidades dos professores e a qualidade das estruturas e das aulas ali ministradas.

Caso tenha sido do seu agrado, você deverá se certificar de que uma avaliação física será realizada, assim como de comunicar ao professor qual o outro esporte praticado, para que ele defina quais exercícios são melhores para você a fim de auxiliar no desempenho nas outras atividades físicas.

Com estas dicas será fácil encontrar aulas de Pilates para atletas em Campinas, o que não só aumentará o desempenho do atleta no(s) esporte(s) praticado(s), mas também aumentará ainda mais o bem-estar e proteção do organismo do atleta.

Ainda com dúvidas? Ligue (19) 9 8141-8962

A VOLL Pilates Studios produz tudo com carinho e qualidade para você.
Visite nosso studio e agende uma aula de pilates gratuitamente.

Rua Tiradentes, 777 – Vila Itapura – Campinas/SP